FEPROP intima Pfizer a voltar realizar as homologações nos sindicatos para garantir a defesa dos propagandistas e vendedores de produtos farmacêuticos.

A Federação dos Propagandistas do Rio de Janeiro (Feprop) solicitou ao Laboratório Pfizer que as demissões voltem a ser homologadas nos sindicatos, como manda a Convenção Coletiva de Trabalho da categoria. A Feprop identificou que o laboratório vem instruindo os funcionários para que as demissões sejam feitas diretamente entre a empresa e o demitido. O comunicado foi encaminhado à empresa em 19 de dezembro e a Pfizer tem 10 dias para regularizar a situação.

Segundo o presidente da Feprop, Alexsandro Diniz, a reforma trabalhista desobrigou empresas a fazerem a homologação dos trabalhadores dispensados em seus sindicatos, mas a mesma Lei Federal nº 13.467/2017 estabelece que o negociado está acima do legislado. “Nossa Convenção Coletiva é clara nesse ponto. Propagandistas e vendedores de produtos farmacêuticos com mais de um ano de contratação só podem ter suas demissões homologadas nos seus respectivos sindicatos. Entramos em ação para que a própria lei da ‘reforma’ seja respeitada e cumprida e o que foi negociado e acordado na CCT prevaleça”, afirmou Alexsandro Diniz, secretário de Imprensa e Comunicação da Força RJ.

Diniz ressaltou que a Federação prima pelo diálogo, mas caso a Pfizer não reveja a orientação de que homologações sejam feitas na própria empresa, será preciso oferecer denúncia a órgãos de fiscalização e ingressar na Justiça. “Em mais da metade das demissões de nossa categoria existem direitos sendo lesados. Tenho certeza que o Ministério Público do Trabalho e a Justiça do Trabalho nos socorrerão. Os interesses de nossa categoria estarão, sempre, em primeiro lugar”, finalizou.

 feprop.org.br/…7/12/Convocação-Pfizer.pdf

 

Raquel Freitas 
Diretora de Comunicação Feprop
Fotos: Divulgação

 

 

 

Palavra do Presidente

A Feprop foi constituída como resultado de uma pauta de compromissos assumidos no 1º congresso Nacional dos sindicatos dos Propagandistas e Vendedores de Produtos Farmacêuticos ocorrido em Junho de 2016, na ocasião, além da constituição de nossa Federação foi pont...

ler mais..

A luta continua: FEPROP vai as ruas panfletar contra a reforma da previdência de Bolsonaro.

julho 16th, 2019 autor

FEPROP participa da greve geral contra a Reforma da Previdência.

junho 19th, 2019 autor

Proposta de alternativa à reforma da previdência encaminhada pela FEPROP já está em Brasília

junho 6th, 2019 autor

FEPROP encaminha proposta de substitutivo para a reforma da previdência

junho 4th, 2019 autor

Feprop- federação dos propagandistas e vendedores de produtos farmacêuticos do estado do Rio de Janeiro – CNPJ 27.219.338/0001-95
Rua Prefeito Moreira Neto, 81 sala 301 Centro – Macaé RJ CEP 27.913-090 - Tel: 22 2772-4850 / 21 97422-0769 (WhatsApp)