FEPROP repudia insultos à propagandistas em programa de rádio

Na última terça-feira, dia 10 de março, no programa PopBola, na TV Max(You Tube), participantes da mesa, comentaristas e repórteres, falaram que as propagandistas atrapalhavam os horários das consultas, causando atrasos, para “dar medicamentos de graça” e que “as mulheres propagandistas seduziam os médicos para comprarem os seus medicamentos”.

 

A FEPROP repudia esse tipo de declaração. Para o presidente da federação, Alexsandro Diniz, “essa situação é grave, já que os propagandistas, como diz o nome, levam aos médicos, em consultórios e clínicas, produtos farmacêuticos extremamente relevantes para sociedade em geral, alguns que estão sendo lançados no mercado, e nunca os vendem, como dito no programa e muito menos as mulheres de nossa profissão seduzem os profissionais. A categoria foi insultada, as colegas foram covardemente atacadas em sua honra. Isso, além de machismo, é uma declaração que tem a intenção de manchar a nossa categoria, que é ligada à saúde, com grande responsabilidade e comprometimento”.

A declaração jocosa e pejorativa, que permeou todo o programa, levou diversas manifestações de protesto de profissionais da categoria nas mídias sociais, provocando o pedido de desculpas do programa.

O departamento jurídico da FEPROP, na pessoa do Dr. Alexsandro Santos, informou que estuda medidas cabíveis, para buscar reparação em razão aos danos causados à honra das mulheres propagandistas, pelo apresentador do programa PopBola. Além disso, “a Constituição garante a todos os brasileiros a liberdade de expressão, mas assegura aos atingidos o direito a indenização, quando se sentirem violados em sua honra e dignidade por outrem”, concluiu o advogado.

 

Veja o programa (a partir de 30:33′)

Palavra do Presidente

A Feprop foi constituída como resultado de uma pauta de compromissos assumidos no 1º congresso Nacional dos sindicatos dos Propagandistas e Vendedores de Produtos Farmacêuticos ocorrido em Junho de 2016, na ocasião, além da constituição de nossa Federação foi pont...

ler mais..

“Acordos chegam ao fim e lei que prorroga corte de salário aguarda sanção há uma semana”

julho 3rd, 2020 autor

Projeto permite recontratação de empregados demitidos durante calamidade pública

julho 2nd, 2020 autor

Pela primeira vez, Brasil tem mais desempregados do que empregados

julho 2nd, 2020 autor
FEPROP - CONTRATAÇÃO

Desemprego sobe para 12,9% em maio e país tem tombo recorde no número de ocupados

julho 1st, 2020 autor

Feprop- federação dos propagandistas e vendedores de produtos farmacêuticos do estado do Rio de Janeiro – CNPJ 27.219.338/0001-95
Rua Prefeito Moreira Neto, 81 sala 301 Centro – Macaé RJ CEP 27.913-090 - Tel: 22 2772-4850 / 21 97422-0769 (WhatsApp)