FEPROP - AUXÍLIO EMERGENCIAL

Além do auxílio emergencial, governo libera saques no FGTS, PIS e INSS

 O período de pandemia que atingiu o Brasil obrigou o governo a criar medidas que integram programas de ações voltadas para saques durante o período em que durar a pandemia.

 

A ação do governo é para garantir um impacto menor na economia nacional, devido ao coronavírus. São ações que integram plano de saques de diversos benefícios.

 

O principal auxílio é o emergencial de R$ 600, depois em seguida estão os saques do FGTS e pagamentos antecipados de seguridade do INSS e PIS/Pasep.

 

Saque do FUNDO de Garantia do Tempo de Serviço de R$ 1.045

Desde do dia 08 de abril está valendo a Medida Provisória (MP) que garante a liberação de saques de contas ativas e inativas do FGTS. O valor é de um salário mínimo R$ 1.045 que será liberado a partir de 15 de junho.

 

Embora seja uma MP, com ação imediata, será necessário a aprovação do Congresso Nacional, num prazo de 120 dias. Os parlamentares disseram que será garantido mais celeridade nos processos.

 

Auxílio emergencial de R$ 600

Os trabalhadores informais, intermitentes, desempregados e microempreendedores individuais (MEI´s) de baixa renda poderão receber R$ 600 de auxílio emergencial.

 

Sendo que dois membros da mesma família poderão receber o benefício. Mulheres que sejam mães e comprovem que são chefes de família, vão poder receber R$ 1.200, equivalendo o dobro do pagamento.

 

 

A duração do benefício será de 3 meses, podendo ocorrer uma prorrogação por igual período.

 

Sendo necessário cumprir com os seguintes requisitos:

 

Maior de 18 anos;

Sem emprego formal;

Não receber benefício previdenciário ou assistencial;

Ter renda mensal per capita de até meio salário mínimo ou a renda familiar mensal total de até três salários mínimos;

Não ter recebido em 2018 rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70.

 

Antecipação do 13° salário do INSS

A medida também garante o pagamento antecipado do 13° salário dos aposentados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

 

 

Sendo que a primeira parcela será paga entre os dias 24 de abril e 08 de maio. Já a segunda parcela será efetuada nos dias 25 de maio e 05 de junho.

 

Vão receber a antecipação: aposentadoria, pensão, auxílio-doença, auxílio-acidente ou auxílio-reclusão.

 

Antecipação do abono PIS/PASEP

PIS/Pasep, o calendário de pagamento foi antecipado para 29 de maio, O valor será de até um salário mínimo R$ 1.045 (para quem trabalhou com carteira assinada no ano de 2018).

 

O valor a ser pago vai depender do tempo trabalhado. Se o funcionário trabalhou o ano todo, vai receber um salário mínimo. Mais se trabalhou apenas um mês, vai receber R$ 88, que é o proporcional de 1/12.

 

Antecipação do auxílio-doença no INSS

Foi publicada uma outra portaria autorizando o repasse de R$ 1.045 para os trabalhadores que aguardam o recebimento do auxílio-doença, pago pelo INSS.

 

Também neste caso será por um período de 3 meses ou até o trabalhador passar por uma perícia médica. O requerimento deverá ser feito pelo site do INSS.

 

Adiantamento de R$ 600 para quem está na fila do BPC

Para quem pedir o Benefício de Prestação Continuada (BPC), destinado a idosos com mais de 65 anos ou deficientes, nos dois casos, terão que ter baixa renda. Vão receber uma antecipação de R$ 600.

 

 

Para conseguir ter o direito, os cidadãos vão precisar passar por perícia social e médica, mas como as agências do INSS estão fechadas por causa da pandemia, será necessário consultar o site Meu INSS.

 

 

Fonte: Jornal Contábil

Palavra do Presidente

A Feprop foi constituída como resultado de uma pauta de compromissos assumidos no 1º congresso Nacional dos sindicatos dos Propagandistas e Vendedores de Produtos Farmacêuticos ocorrido em Junho de 2016, na ocasião, além da constituição de nossa Federação foi pont...

ler mais..

“Acordos chegam ao fim e lei que prorroga corte de salário aguarda sanção há uma semana”

julho 3rd, 2020 autor

Projeto permite recontratação de empregados demitidos durante calamidade pública

julho 2nd, 2020 autor

Pela primeira vez, Brasil tem mais desempregados do que empregados

julho 2nd, 2020 autor
FEPROP - CONTRATAÇÃO

Desemprego sobe para 12,9% em maio e país tem tombo recorde no número de ocupados

julho 1st, 2020 autor

Feprop- federação dos propagandistas e vendedores de produtos farmacêuticos do estado do Rio de Janeiro – CNPJ 27.219.338/0001-95
Rua Prefeito Moreira Neto, 81 sala 301 Centro – Macaé RJ CEP 27.913-090 - Tel: 22 2772-4850 / 21 97422-0769 (WhatsApp)