Fim do home office só após negociação com movimento sindical

Em negociação com a Fenaban, nesta terça-feira 28, os bancos se comprometeram a que os bancários em regime de home office não retornem ao trabalho presencial sem negociação prévia com o movimento sindical.

 

“É uma garantia importante diante da movimentação de vários governadores no sentido de flexibilizar o retorno das atividades econômicas, mesmo em meio à pandemia de coronavírus [covid-19]”, ressalta Ivone Silva, presidenta do Sindicato dos Bancários de São Paulo e uma das coordenadoras do Comando Nacional dos Bancários.

 

Na negociação desta terça-feira também foi cobrada a não aplicação das Medidas Provisórias 927 e 936 e outras eventuais medidas provisórias sem negociação com o movimento sindical, principalmente com relação à aplicação do banco de horas e à diminuição da jornada de trabalho com redução salarial.

 

Os bancos se comprometeram a continuar as negociações e a apresentar uma proposta na mesa da Fenaban que irá contemplar as questões do teletrabalho, do banco de horas e das férias durante o período que durar a pandemia de covid-19.

 

Também foi cobrado dos bancos a questão da ultratividade da Convenção Coletiva de Trabalho.

 

Ultratividade é o princípio que garante a validade das cláusulas de um acordo ou convenção coletiva até sua renovação. Dia 31 de agosto é o término da data de validade da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) dos bancários, o que coloca em risco todos os direitos da categoria diante do fim da ultratividade, determinado pela lei trabalhista 13.467, aprovada após o golpe de 2016.

 

Os banqueiros ainda não têm resposta para esta demanda, mas se comprometeram a debatê-la e a dar uma reposta aos trabalhadores.

 

Procure o Sindicato

O Sindicato está monitorando todos os locais de trabalho e alertando os bancários. Como as informações estão sendo atualizadas constantemente, deixamos aqui nossos canais de comunicação.

 

Fonte: SP Bancários

Palavra do Presidente

A Feprop foi constituída como resultado de uma pauta de compromissos assumidos no 1º congresso Nacional dos sindicatos dos Propagandistas e Vendedores de Produtos Farmacêuticos ocorrido em Junho de 2016, na ocasião, além da constituição de nossa Federação foi pont...

ler mais..

Bolsonaro sanciona MP que criou programa de manutenção do emprego

julho 8th, 2020 autor

Participe do ato das Centrais amanhã sem sair de casa

julho 7th, 2020 autor

Com a pandemia, 7 milhões de mulheres deixaram o mercado de trabalho

julho 7th, 2020 autor

Rodrigo Maia defende importância de sindicatos

julho 6th, 2020 autor

Feprop- federação dos propagandistas e vendedores de produtos farmacêuticos do estado do Rio de Janeiro – CNPJ 27.219.338/0001-95
Rua Prefeito Moreira Neto, 81 sala 301 Centro – Macaé RJ CEP 27.913-090 - Tel: 22 2772-4850 / 21 97422-0769 (WhatsApp)