Presidente de centrais sindicais participam de programa na TVT

Nesta terça-feira, 16/06, os presidentes nacionais da CUT (Sérgio Nobre), UGT (Ricardo Patah) e NCST (José Calixto Ramos), participaram do programa “Bom para Todos” da rede TVT.

Os presidentes puderam discutir sobre a atual situação do governo e do trabalho durante essa pandemia.

Entre os três ficou claro que o Brasil está caminhando para se tornar o país com mais morters no mundo pelo novo coronavírus (Covid-19), passando os EUA que tem mais de 100 mil mortes.

A pandemia que já tem três meses de ações restritivas no país tem aumentado consideravelmente os números do desemprego. “Um estudo da FGV mostra que se mantivermos as atuais ações, em dezembro teremos 20% de desemprego”, falou Sérgio Nobre, presidente da CUT. O desemprego no trimestre até abril foi de 12,6%, atingindo 12,8 milhões de pessoas segundo dados do IBGE.

 

Economistas já preveem uma queda no PIB neste ano de até 10%. A economia e trabalhadores sofrerão com essa situação. Ricardo Patah da UGT comentou que a cada 1% perdido no PIB é um milhão de empregos perdidos.

 

Ricardo Patah também falou sobre a grande preocupação em São Paulo com a reabertura de alguns setores. Isso tem causado aglomerações em frente de lojas e isso aumenta o risco de contágio e no transporte público tem circulado com ônibus lotados. “No transporte público já morreram mais de 20 motoristas e as pessoas não estão se preocupando. Acham que são só números. Estamos exigindo que o transporte público funcione com 100% para que os ônibus não circulem lotados”, disse Patah.

 

Já no final do programa, o presidente da NCST, José Calixto Ramos, falou sobre a MP 936 que está na pauta do senado desta terça-feira para ser votada, enfatizando a participação dos sindicatos no diálogo com o relator da MP na Câmara dos Deputados, o Orlando Silva.

 

“Tem um ponto nessa MP que devemos fazer de tudo para conseguir que é a participação dos sindicatos em qualquer tipo de negociação, seja em acordos individual ou coletivo e nas convenções”, disse Calixto.

 

 

Fonte: Mundo Sindical

Palavra do Presidente

A Feprop foi constituída como resultado de uma pauta de compromissos assumidos no 1º congresso Nacional dos sindicatos dos Propagandistas e Vendedores de Produtos Farmacêuticos ocorrido em Junho de 2016, na ocasião, além da constituição de nossa Federação foi pont...

ler mais..

Bolsonaro sanciona MP que criou programa de manutenção do emprego

julho 8th, 2020 autor

Participe do ato das Centrais amanhã sem sair de casa

julho 7th, 2020 autor

Com a pandemia, 7 milhões de mulheres deixaram o mercado de trabalho

julho 7th, 2020 autor

Rodrigo Maia defende importância de sindicatos

julho 6th, 2020 autor

Feprop- federação dos propagandistas e vendedores de produtos farmacêuticos do estado do Rio de Janeiro – CNPJ 27.219.338/0001-95
Rua Prefeito Moreira Neto, 81 sala 301 Centro – Macaé RJ CEP 27.913-090 - Tel: 22 2772-4850 / 21 97422-0769 (WhatsApp)