Governo quer que empresa tenha até 50% dos empregados com contrato por hora

Segundo ele, é comum nos Estados Unidos, mas sem garantia de nenhum outro direito. “A contratação por hora tem uma vantagem porque formaliza relações de trabalho que antes eram informais. Um jardineiro é contratado de maneira informal e agora pode ser formalizado, por exemplo”. Ele declarou que jovens e mulheres, que são a maioria dos desempregados, demandam vagas com mais flexibilidade de horário e podem ser atendidos por meio desse regime.

Pode ser ineficiente na recessão

Entretanto, o economista disse que a formalização só ocorrerá em um ambiente de crescimento econômico. Em períodos recessivos, a medida pode ser ineficiente porque só implicará substituição de mão de obra. “Esse debate sobre o regime de hora trabalhada é antigo. De um lado, uma corrente diz que a medida é benéfica porque aumenta a formalização. Outra corrente diz que a medida precarizaria as relações de trabalho porque cria um grupo de trabalhadores muito protegidos e outro não. Mas isso precisa ser avaliado com o tempo”.

Fonte: Mundo Sindical

Palavra do Presidente

A Feprop foi constituída como resultado de uma pauta de compromissos assumidos no 1º congresso Nacional dos sindicatos dos Propagandistas e Vendedores de Produtos Farmacêuticos ocorrido em Junho de 2016, na ocasião, além da constituição de nossa Federação foi pont...

ler mais..

Auxílio Emergencial: Caixa paga última parcela a 4,9 milhões e encerra pagamentos a beneficiários do Bolsa Família

dezembro 23rd, 2020 autor

Desemprego diante da pandemia atinge 14,2% em novembro e bate novo recorde

dezembro 23rd, 2020 autor

Retomada econômica será lenta e irregular, prevê Ipea

dezembro 22nd, 2020 autor

STF derruba TR para correção monetária de dívidas trabalhistas

dezembro 21st, 2020 autor

Feprop- federação dos propagandistas e vendedores de produtos farmacêuticos do estado do Rio de Janeiro – CNPJ 27.219.338/0001-95
Rua Prefeito Moreira Neto, 81 sala 301 Centro – Macaé RJ CEP 27.913-090 - Tel: 22 2772-4850 / 21 97422-0769 (WhatsApp)