Com a pandemia, 7 milhões de mulheres deixaram o mercado de trabalho

De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), a crise causada pela Covid-19 vem empurrando boa parte da força de trabalho feminina para casa.

Na duas últimas semanas de março, período que marca o início da quarentena em diversos estados brasileiros, 7 milhões de mulheres deixaram o mercado de trabalho. São dois milhões a mais em relação aos homens na mesma situação.

Para além das demissões, as mulheres enfrentam mais dificuldades para procurarem vagas e se manterem no mercado de trabalho. Pesquisadores indicam que essa é a primeira vez nos últimos três anos em que a maioria das mulheres fica fora da força de trabalho – que engloba aqueles que estão trabalhando ou procurando emprego.

Devido à quarentena, o número de desempregados não reflete de forma precisa na crise do mercado. De acordo com a Pnad Covid-19, que utilizou dados de maio, 17,7 milhões de trabalhadores não conseguiram procurar trabalho por causa da pandemia.

Ao analisar o trimestre inteiro (de janeiro a março), o número de mulheres que perderam seus empregos foi 25% maior em relação aos homens. Por estarem em ocupações mais precárias, as mulheres acabam sendo demitidas.

Para se ter uma ideia, enquanto a população ocupada caiu 3,4% no primeiro trimestre em comparação a 2019, as domésticas registram uma queda quase três vezes maior: 10,1%.

 

Fonte: Mundo Sindical

Palavra do Presidente

A Feprop foi constituída como resultado de uma pauta de compromissos assumidos no 1º congresso Nacional dos sindicatos dos Propagandistas e Vendedores de Produtos Farmacêuticos ocorrido em Junho de 2016, na ocasião, além da constituição de nossa Federação foi pont...

ler mais..

Sindicatos Finalizam 1ª rodada de pagamentos aos Colegas do Aché no ACT com FEPROP

junho 2nd, 2022 autor

Propagandistas fazem manifestação na sede da Pfizer Brasil

maio 26th, 2022 autor

NOTA DE REPÚDIO FACE DEMISSÃO EM MASSA DOS LABORATÓRIOS PFIZER

maio 21st, 2022 autor

Propagandistas buscam atualização da lei que regulamenta a profissão.

abril 29th, 2022 autor

Feprop- federação dos propagandistas e vendedores de produtos farmacêuticos do estado do Rio de Janeiro – CNPJ 27.219.338/0001-95
Rua Prefeito Moreira Neto, 81 sala 301 Centro – Macaé RJ CEP 27.913-090 - Tel: 22 2772-4850 / 21 97422-0769 (WhatsApp)